O Gajo está disposto a tudo!


E-mail this post



Remember me (?)



All personal information that you provide here will be governed by the Privacy Policy of Blogger.com. More...



No site da candidatura do Cavaco estive a ler o "MANIFESTO - AS MINHAS AMBIÇÕES PARA PORTUGAL"

A cada tópico deste documento apeteceu-me fazer comentários muito curtos, aqui vão:

"Reforço da qualidade da nossa democracia"
Nada como os esses dez anos de asfixia que se viveram com manifestações, greves e protestos resolvidos à bastonada.
"Aproximação aos níveis de desenvolvimento da União Europeia e de Espanha"
Diz que nesses dez anos nos aproximámos da Europa e da Espanha. À custa de quê? Do aumento do consumo permitido pelo desbaratar dos fundos comunitários. Como se gastou o dinheiro em vez de se o utilizar é que hoje nos afastamos.
"Aumento da qualificação dos recursos humanos"
Esses dez anos que de tão pacíficos nas escolas hoje já não termos problemas na educação e na formação profissional!
"Melhoria da organização do território e da qualidade ambiental e desenvolvimento cultural"
Como se durante esses dez anos se tivesse invertido a destruição da costa, o despovoamento do interior, as desafectações da RAN e da REN, como se a cultura tivesse sido um investimento.
"Construção de uma sociedade mais justa e solidária"
Tal como nesses dez anos em que apareceram os sem abrigos e em que o "modelo de sucessso" era pagar salários baixos e andar de ferrari!
"Portugal protagonista activo e credível na cena internacional"
Era tão activo e credível que nesses dez anos não passou de bom aluno. Que é como quem diz: faz o que te mandam e não abras a boca!
"Uma magistratura activa no respeito pelos poderes previstos na Constituição"
Que durante esses dez anos foi respeitada nos direitos sociais (taxas moderadoras na saúde, propinas na educação, descapitalização da Segurança Social), nos direitos políticos (bastonadas e requisições civis) e até no debate político, ou acham que chamar forças de bloqueio às instituições da República é respeitar a Constituição?

Ainda é preciso mais para se perceber que a única coisa que o move é o revanchismo e que está disposto a tudo?

Links to this post:

Criar uma hiperligação


2 Responses to "O Gajo está disposto a tudo!"

  1. Anonymous Anónimo 

    10 anos de asfixia?? Mas quem escreve sobre esses 10 anos de asfixia tem a noção da realidade???

    Vão para casa estudar um bocadinho sobre Keynes e depois venham falar sobre política!

  2. Blogger JMA 

    caro anónimo

    10 anos de asfixia, sim! Grevistas e Manifestantes corridos à bastonada significa asfixia! Estudantes, sindicalistas e o procurador-geral da república escutados pelo SIS significa asfixia!
    Muito obrigado pela sua sugestão de leitura, mas para perceber isto não preciso de ler livro nenhum.

Leave a Reply

      Convert to boldConvert to italicConvert to link

 


Quem somos?

    Fazemos parte de uma geração que nasceu politicamente com Cavaco Silva como Primeiro-Ministro. Organizámos e participámos em manifestações, vigílias e reuniões por um mundo que sabíamos não dever ser dominado por um gestor iluminado que com discursos de rigor escondia o desenhar da crise em que continuamos a viver. Porque temos memória, não esquecemos Cavaco, tal como não esquecemos os seus ministros. Não esquecemos as violentas cargas polícias sofridas, pelas escadarias da Assembleia da República e dentro das Universidades. Não esquecemos o spot da TSF que, da ponte 25 de Abril, lançava o grito para que "gajos ricos, gajos pobres"; se juntassem. Não esquecemos os políticos que Cavaco formou e que o continuaram; Durão Barroso, Santana Lopes, Valentim Loureiro, Isaltino Morais ou Alberto João Jardim. Não esquecemos em Cavaco, o contínuo desrespeito por tudo o que era cultura, arte ou memória. E também não esquecemos aquele dia em que Cavaco perdeu e que nos deixou reentrarmo-nos em torno das nossas vidas. Fomos desobedientes naquela altura e agora torna a ser necessário voltar a sê-lo!

    Ana
    Carlos Guedes [G.]
    Filipe Gil
    João Miguel Almeida
    João Paulo Saraiva
    Nuno Espadinha
    Tiago Mota Saraiva
    Z. N.

Centro de Estudos do Cavaquismo

    Quem faz uma procura na Internet sobre os anos em que este país viveu sob a égide de Cavaco, encontra muito pouca informação, quase nada. O Cavaco Fora de Belém é um blogue que pretende reavivar as memórias do que foi esse período negro da história de Portugal. Para tal propomo-nos recolher relatos, documentos, arquivos, imagens ou videos em formato digital, que nos permitam construir a história desse período e colocá-la online. Os vossos contributos, vindo directamente das caves e dos sotãos da história, podem ser enviados para este email: cavacoforabelem (@) gmail | com

Previous posts

Arquivos

Ligações

sindicância (RSS feed)